Perto de tudo

Começo o dia a rebuscar na memória da prateleira e do coração músicas de outros tempos. No meio de tantos outros discos já há tanto esquecidos, lá estava ele, centrado logo ali no primeiro olhar, como se tivesse sido arrumado propositadamente para não perder o tempo desta manhã.

O acaso escolhe começar por esta música. “Porra! São músicas destas que nos ensinam a crescer para além da vida. Lembras-te da a ouvir sozinho às escuras? Porra…”. Na mesma estrada de hoje, de ontem e de amanhã, consegue-se recuperar o sorriso de muitos anos atrás. Anda-se veloz para a frente, mas muito mais rápido se chega ao antes. Muito antes. E é quase bom lá estar. Com esta banda sonora, também. Essencialmente percebe-se que o que se pensava sempre aconteceu, para melhor, e que as dúvidas não são eternas, apenas se vão alterando. E tanta coisa cabe nos minutos desta música.
Gosto de ainda gostar das coisas que gostava. Gosto de gostar de gostar.

(Felizmente o vídeo é escuro e claro)


Forward yesterday
Makes me wanna stay
What they said was real
Makes me wanna steal
Livin' under house
Guess I'm livin', I'm a mouse
All's I gots is time
Got no meaning, just a rhyme
.
Take time with a wounded hand
'Cause it likes to heal
Take time with a wounded hand
'Cause I like to steal
Take time with a wounded hand
'Cause it likes to heal, I like to steal
I'm half the man I used to be
Because I feel as the dawnIt fades to gray
Well, I'm half the man I used to be
Because I feel as the dawn
It fades to gray
Well, I'm half the man I used to be
Because I feel as the dawn
It fades to gray
Well, I'm half the man I used to be, half the man I used to be
.
Feelin' uninspired
Think I'll start a fire
Everybody run
Bobby's got a gun
Think you're kinda neat
Then she tells me I'm a creep
Friends don't mean a thing
Guess I'll leave it up to me
.
Take time with a wounded hand
'Cause it likes to heal
Take time with a wounded hand
Guess I like to steal
Take time with a wounded hand
'Cause it likes to heal, I like to steal
I'm half the man I used to be
Because I feel as the dawn
It fades to gray
I'm half the man I used to be
Because I feel as the dawn
It fades to gray
I'm half the man I used to be
Because I feel as the dawn
It fades to gray
I'm half the man I used to be, half the man I used to be
.
Take time with a wounded hand
'Cause it likes to heal
Take time with a wounded hand
Guess I like to steal
Take time with a wounded hand
'Cause it likes to heal, I like to steal
I'm half the man I used to be
Because I feel as the dawn
It fades to gray
Well, I'm half the man I used to be
Because I feel as the dawnIt fades to gray
Well, I'm half the man I used to be
Because I feel as the dawnIt fades to gray
Well, I'm half the man I used to be, half the man I used to be,Half the man I used to be
.

Hoje é daqueles dias em que parece não consigo deixar de estar sozinho. Há conversas a sério com gente a sério, gentes em vultos, vultos que nem são gente. Carros. O dia. Eu. Ainda sozinho.
.
Quero ter o abraço dos meus filhos para lá da imaginação. De todos.

10 Comments:

Anonymous cat contribuiu com estas palavras sábias:

Sabes que tenho andado mais no claro que no escuro mas...fiz bem em fazer o mix hoje e...visitar.te!

Textos como este...há meses atrás...trouxeram para mim um amigo!

(vá...isto é só uma abébiazinha...nao te entusiasmes no arame ;) )

beijo miudo :)

setembro 01, 2007 12:26 da manhã  
Blogger [A] contribuiu com estas palavras sábias:

?what´s up doc?

(se estivesses à minha frente estaria com aquele olhar de quem tenta adivinhar por detrás dos olhos do outro e insistindo cada vez mais nisso a cada: - Oh!não se passa nada. )

setembro 01, 2007 11:56 da tarde  
Blogger Vanessa Lourenço contribuiu com estas palavras sábias:

De: sozinha
Para: sozinho

Não é que efectivamente o estejas, mas sentes-te. Não adiante um olá sem beijo, ou um até amanhã sem mimo. Não sei se me perco em babuseiras ou não. De qualque modo, não estás sozinho em estar sozinho.
Um beijo*

setembro 02, 2007 8:02 da tarde  
Blogger Nanny contribuiu com estas palavras sábias:

Logo tu que nunca ilustras nada e nunca dás som a este canto escuro, te foste agora lembrar de colocar um vídeo num momento em que eu estou surda :-(((

Deixo-te um abraço e uma festinha da gata... serve?

setembro 02, 2007 10:39 da tarde  
Blogger [A] contribuiu com estas palavras sábias:

http://seg2.blogspot.com/2007/09/what-happens-after-yourre-dead.html

link, link, you never know!

setembro 03, 2007 3:25 da tarde  
Anonymous um nome qualquer contribuiu com estas palavras sábias:

Stone Temple Pilots - Creep... é a tua cara essa música... pena que nem tudo possa chegar tão fácil ao antes... e ainda assim espero que estejas bem de novo e teus filhos te abracem como sempre abraçaram e vão abarçar ****

setembro 03, 2007 9:15 da tarde  
Blogger Just Me... contribuiu com estas palavras sábias:

Um abraço de quem mais amas, é tudo o que precisas....

Deixo te um beijinho...

just_me

setembro 04, 2007 8:08 da manhã  
Blogger Eu contribuiu com estas palavras sábias:

a quem desgastou um pouco do seu carinho para deixar os comentários anteriores, Eu agradeço com um pouco do mEu também (carinho, claro); como dizia uma outra música mais ou menos da mma altura "há dias assim/dias de almas vagas", nada de particularmente especial, a não ser a própria maneira da vida ir passando por nós com todos os replelões, empurrões, embalos, apegos, afegos e que tais acabados em "ões", "alos" e "egos" (e não m vou alongar, pq já pareço o outro e é feio um homem alongar-se em público)

um pedido especial ao/à "um nome qualquer":
que parte concreta é "a minha cara" - o "stone"; o "temple"; o "pilot" ou o "creep"?
(Eu acho que já sei a resposta, mas gostaria de a obter por quem a afirma; vá lá, sem medos, assim como assim pode sempre valer-se de "um nome qualquer")

setembro 04, 2007 5:08 da tarde  
Blogger HM contribuiu com estas palavras sábias:

:((

Há dias assim!
"Diabo, tanto barulho, e Eu só quero o ruído do silêncio!"

Terei interpretado correctamente?
E uma negrura invade o nosso interior, doendo sem doer: é a nostalgia disfarçada em recordações. Para mim, esses momentos serão sempre a face negra da minha alma! Contudo, nunca me hei-de encontrar ou sentir sozinha. Refugio-me na minha neverland.........

Bj

HM

setembro 06, 2007 8:55 da manhã  
Anonymous valendo-me de um nome qualquer contribuiu com estas palavras sábias:

Nome ou nick colocado aqui vai dar sempre ao mesmo.
Creio que a música referida e respectiva banda era essa, se estava enganada peço perdão.
A música (linda como era de esperar) pareceu-me a sua cara ou seja entendi-a como adptada ao pouco que "conheço" de si. E foi apenas isso que pretendi dizer sem qualquer tipo de ofensa.
Um abraço EU que lhe deixo eu

setembro 06, 2007 7:22 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home