Quarta (raio me parta) - convidado: Alyia

(nota prévia)
Bom, com o intuito de efectuar a portuguesíssima “fuga para a frente” (algo que se faz quando já não há nada a fazer para melhorar qualquer coisa que se começou), Eu resolvi tentar dar alguma dignidade ao endereço virtual onde agora se detém por 7 segundos.
Ora, como é óbvio, este empreendimento nunca poderia ter a minha participação, sob pena de denegrir, ainda mais, a imagem deste blog, e, quiçá, de todos os outros. Assim, cobri-me com um manto de desvergonha e admiração (ah poeta!) e resolvi convidar alguns dos bloggers que mais me vão divertindo - quando tenho tempo para me espalhar por este universo a fora - para, do alto do seu inquestionável e invejável talento, escreverem “qualquer coisinha” (sic) que Eu aqui publicaria. As condições foram (sim, porque Eu também ponho condições) que seria algo sem imagens a ser publicado como me chegasse, sem qualquer tipo de censura ou reparo. Ah, também não haveria recompensa de nenhum tipo ou forma.
E para surpresa do País, estes não se fizeram rogados! Uns porque disseram logo que sim, e outros porque não conseguiram dizer não, lá foram todos acedendo ao desafio, demonstrando não só uma elevada capacidade de sofrimento, como também um lado solidário que é de enaltecer. Isto ainda ganha mais relevância porquanto Eu só “conheço” esta gente, e vice-versa, através da leitura das suas palavras e das cores dos seus templates, o que torna a experiência tão surpreendente quanto recompensadora.
É o resultado da minha desfaçatez, e da boa vontade dessas individualidades, que vai aparecer por aqui nas próximas quartas-feiras, numa rubrica a que Eu chamo de “Quarta (raio me parta)”, em honra de uma brincadeira da escola preparatória (actual ciclo-tal-do-ensino-qualquer-coisa), que Eu gostava muito de praticar – a primeira ideia para o título foi “Por outro lado”, mas parece que já há um programa de convidados com este nome na RTP, feito por uma miúda Ana Sousa Dias, ou lá o que é.

Para minha grande honra, e alívio, a primeira convidada é a Sra. D. Alyia, e gostaria que a recebessem com uma grande salva de palmas, de pé. Obrigado.

E agora?
Agora?
Agora os cães continuam a ladrar e os gatos a miar. As aves continuama voar. O Sol continua a brilhar.
Só isso?
Sim! O mundo não pára por causa de ninguém! Ninguém o detém! Nunca!
Não o parou o holocausto e nem o deteve o filho da vizinha que nasceu.
Não pára quando choras e nem gira mais rápido quando ris.
A maior parte das vezes o mundo nem repara que existes, nem sabe que estás aí. És tão pequenina que nem te vê.
Mas… tu és o herói!
Herói? Heróis nascem e morrem todos os dias!
E o mundo… o mundo continua a girar!
Mas… então… nada muda?
Muda sim! Mas não o mundo! O que muda são os teus olhos do mundo!

11 Comments:

Blogger Mac Adriano contribuiu com estas palavras sábias:

Parabéns pela ideia. Está bom.
P.S.: Pá, está difícil. Mas há-de ir.

janeiro 25, 2006 6:40 da tarde  
Blogger Carlos Estroia contribuiu com estas palavras sábias:

Raios ma parta se o mundo gira para os cegos de espírito!!!
Parabéns pela iniciativa
Abraços

janeiro 25, 2006 7:37 da tarde  
Blogger Eu contribuiu com estas palavras sábias:

obrigado pelo incentivo, espero que continuem a voltar (pelo menos ás quartas)

;)

janeiro 25, 2006 10:08 da tarde  
Blogger Eu contribuiu com estas palavras sábias:

obriga-me a verdade a dizer o seguinte:
esta Senhora, que pelos vistos tem uma coragem maior que o "mundo que gira", acedeu ao desafio, e ultrapassou-o em nada mais que 2 (dois) dias, com a qualidade que está à vista. Tenho para mim que só quem tem uma vida repleta daquilo que vale a pena viver, e ter, o poderia fazer desta forma. Ela fê-lo.

janeiro 25, 2006 10:26 da tarde  
Anonymous alyia contribuiu com estas palavras sábias:

A mim a verdade obriga-me ao seguinte (e desculpa EU mas tenho de dizer):
1º será que podem fazer o favor de parar de me elogiar? é que eu sou apenas uma pessoa normal como as outras!
2º sobre coragem, repito que ela me foi sempre oferecida de bandeja por muita gente, portanto o mérito não é meu.
3º dois dias foi tempo a mais para quem anda com "aquela agenda cheia".
4º (a principal) obrigada EU pelo convite, não tinha percebido para que era (lerda) e creio que com toda a certeza fica muito áquem dos textos que aqui vou ler todas as 4ª feiras.

janeiro 25, 2006 11:19 da tarde  
Blogger anastercio contribuiu com estas palavras sábias:

Caro EU, depois de ler o texto da ALyia estou sem palavras. Ou melhor as palavras ainda as tenho, mas não as consigo coordenar de forma a que todas juntas digam algo com principio meio e fim.

Mas mesmo assim tentei, por isso te enviei ja para o email, algo a que podemos chamar de amontuado de palavras.

Mas tenho a dizer que a fasquia esta elevada. Parabens Alyia

janeiro 25, 2006 11:58 da tarde  
Blogger antimater contribuiu com estas palavras sábias:

Alberto Caeiro?
Acertei?

.o)

janeiro 26, 2006 12:25 da manhã  
Blogger segurademim contribuiu com estas palavras sábias:

raio me parta se me saísse o euromilhões se eu não estava aqui a toda a hora!!!!!

gostei da convidada...

bj ;)

janeiro 26, 2006 12:16 da tarde  
Blogger Cruzeiro contribuiu com estas palavras sábias:

Uma optima ideia, parabéns! :)
E o texto publicado é fantástico!
parabéns também à autora.

janeiro 26, 2006 9:27 da tarde  
Blogger Zeca contribuiu com estas palavras sábias:

Amigo Eu
Lá no café da senhora Gertrudes alguém me disse:
-Olhe lá, ontem vi um texto seu escrito na net, no computador do meu neto.
-Na net?
Sim, na net, nessas coisas que dizem de blogs.
-É capaz de ser no blog do meu amigo Eu.
-Então tem um amigo que se chama Eu?
-É verdade e outros que se lhe disser os nomes nunca mais me vai deixar entrar no seu blog café.

A converssa foi esta manhã.

Por isso vou passar a ferro de seda os teus convidados, Alyia, Anastércio e o SALTAPOCINHAS.

Quanto ao texto da Alyia, tomara eu esgravatinhar como ela.
Parabéns Alyia.

fevereiro 16, 2006 7:35 da tarde  
Blogger Vanadis contribuiu com estas palavras sábias:

Bem, não vou enfiar aqui a primeira palavra que me ocorreu...talvez um sinónimo, posso? Posso? Então lá vai, dásse que este gaijo é genial...

Gosto do blog. Gosto das palavras. Gosto das imagens (sim, quer queiras quer não, as tuas palavras desenham-nos imagens). Gosto das ideias. Gosto dos atalhos. Raios parta, gosto dessa mente sinuosa com que transfectas o blog.

Genial, a ideia dos convidados.

E passando à convidada: Lindo, lindo, lindo, lindo. Adorei, adorei, adorei, adorei. Palavras já gastas e usadas, mas sinceras. =)

outubro 03, 2007 8:01 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home