Mete lá isso!

Hoje Eu vou ensaiar uma ideia mais peregrina que o próprio falcão: inventar um diálogo (sim porque Eu nunca inventei nada nesta minha vida de “escrita”, relato tudo como realmente é ou ainda me chamariam mentiroso, ou, pior, inventor ou inventivo).
E nada melhor para começar que simular uma conversa que poderá acontecer em qualquer parelha acasalada dos tempos modernos (reparem que não referi casal, para não criar ilusões duma heterossexualidade, que para aqui não é determinante). Cá vai:

...
- mete lá isso aí, vá
- não meto
- porquê?
- não cabe
- não cabe??? Entra bem...Como sabes que não cabe? Ainda nem experimentaste. Eu acho que cabe...
- não cabe! E se estás convencido anda cá tu mete-lo
- eu não! Tu é que o tens nas mãos! Só o trabalho de me mexer daqui, estou tão bem aqui quietinho... Se fosse o outro já o tinhas metido, agora como é o meu...
- Pois ao outro já estou habituada, e para além disso não é esta bisarma... Para quê esta enormidade? É sempre um problema para o meter em qualquer sítio, já reparaste?
- olha, a tua mãe nunca se queixou, e o teu irmão também não... Vá lá, põe lá isso. Estamos atrasados e eu sei que cabe, senão não te estava a dizer, já o meti em “buracos” muito mais apertados, e coube. Queres que te ajude?
- NÃO CABE! NÃO METO! Da outra vez também disseste que me ajudavas e quando te bati, devagarinho, ainda ficaste todo enxofrado; e não entrou, como te lembras...
- pois, mas quiseste-me lá atrás, e assim nunca mais! Hoje só ponho a cabeça de fora e ajudo-te daqui, o resto fazes tu... Vá lá, caraças, antes chegue aí alguém...
- és chato! Não o vou meter aqui, pronto!
- ah! Olha mete onde quiseres, mas despacha-te que estou a ficar impaciente.
- tu e as tuas pressas. Por isso é que nunca venho. É sempre esta azáfama. De certeza que quando vens sozinho despachas-te logo à primeira e não estás com este problema da indecisão onde o hás-de meter, metes em qualquer lugar e pronto, ou nem metes o que ainda é pior; já sabes que eu não sou como tu; que estas coisas me preocupam; isto não é para meter assim em qualquer lado, e muito menos com impaciências, assim só me enervas. Estamos a perder tempo, daqui a nada nem aqui nem em lado nenhum… tem calma que havemos de conseguir.
- pois, pois... "Tem calma", mas eu é que fico aqui a desesperar... anda lá com isso.
- olha vou pôr aqui.
...

(como é lindo partilhar o amor e a arte de estacionar nas ruas duma grande cidade)

Bom fim-de-semana

13 Comments:

Blogger @ contribuiu com estas palavras sábias:

para um ensaio, não está mal...mas já vi por aqui bem melhor!gostei particularmente do relato do pagamento na caixa do C...te.
se não te importares, vou passando.

março 10, 2006 7:08 da tarde  
Blogger chuvamiuda contribuiu com estas palavras sábias:

.....nunca ninguém disse que meter em sitios apertados, era fácil, gostei de te reler.....
Abraço

março 10, 2006 7:22 da tarde  
Anonymous Anónimo contribuiu com estas palavras sábias:

TU,
Quando estou a estacionar detesto que me dêem orientações...lol...Já nem sei para que lado virar o volante...Isto a propósito de estacionamentos.
Quanto ao mete, ao apertado, ao cabe, não cabe, lol, a lingua portuguesa é tão traiçoeira...
Beijo terno.

março 10, 2006 8:10 da tarde  
Blogger Carlos Estroia contribuiu com estas palavras sábias:

É por isso que eu tenho um pequenino que cabe em todo o lado....autmóvel claro...

Abraços

março 10, 2006 8:57 da tarde  
Blogger Eu contribuiu com estas palavras sábias:

ana: tb Eu já vi por aqui bem melhor, principalmente às quartas-feiras ;)
(passa quando quiseres, se alguem se poderá importar é a menina, nunca Eu) :)
já agora não sei se é azelhice minha, mas não consigo aceder ao teu profile nem a endereços de blog :(

chuva: eu não gosto, tenho receio de esfolar...a pintura

ana pinheiro: a Língua é traiçoeira??? pq? é tão clara (como a água do rio trancão antes da expo 98) ;)

estroia: o mEu é grande, mas faz pi pi pi, o que ajuda a arrumar
:)

março 11, 2006 12:21 da manhã  
Blogger Freddy contribuiu com estas palavras sábias:

Dava era um argumento dum filme dos irmãos Cohen...

março 11, 2006 10:00 da manhã  
Blogger Carlos Estroia contribuiu com estas palavras sábias:

Ó Eu, agora andamos a medir automóveis (que fazem pipi)...

.................

Boas buzinadelas, bons estacionamentos... não deixes é em cima do passeio...

Abraços

março 11, 2006 6:43 da tarde  
Blogger Mac Adriano contribuiu com estas palavras sábias:

Afinal também te safas no texto ficcional... embora real ao mesmo tempo, se bem que metafórico. Não voltes a deixar aqui a conversa do "coitadinho que não sabe escrever", que já não cola.

março 11, 2006 9:38 da tarde  
Blogger @ contribuiu com estas palavras sábias:

Este comentário foi removido pelo autor.

março 11, 2006 10:15 da tarde  
Blogger Eu contribuiu com estas palavras sábias:

freddy: não metas esses gajos ao barulho, q eles lixavam-m a história toda com as parvoices do costume ;)

estroia: Eu não disse "pi pi" disse "pi pi pi" (referia-m ao sistema auxiliar de estacionamento), que não fiquem mal-entendidos...

adriano:... por falar em mal entendidos: quando é q Eu tentei colar aqui que era um coitadinho que não sabias escrever? penso que nunca o fiz - 1º pq não m considero um coitadinho (coitado talvez, mas inho!!???); 2º pq até acho q m desenrasco a escrever, e q remedio tenho Eu, ou grande parte do meu trabalho diario perdia algum sentido...
mas entendo onde queres chegar, e até acho q tb entendes o q costumo querer dizer (talvez por outro meio m consiga explicar melhor, aqui receio ser maçador para os outros e mal interpretado por ti)
de qq maneira, agradeço a dica ;)

ana: não consegui ler o q escreveste sobre o rabaçal (Eu tb já o fiz), mas gostava, só q ao aceder ao endereço q deixaste dei de caras com umas meninas todas muito bem vestidas (presumo q por ti - parabéns), mas rabaçal nada :(

março 12, 2006 12:47 da manhã  
Blogger alyia contribuiu com estas palavras sábias:

eheheheheheh (nem consigo parar de rir)
E afinal meteram, coube?... hum... (é melhor estar calada)

março 12, 2006 12:55 da manhã  
Blogger @ contribuiu com estas palavras sábias:

ai Eu!que grande confusão...
pois foi no teu post sobre o Rabaçal que eu deixei um comentário...
no meio das dengosas todas vou lá eu pÔr-me a falar em rabaçais!!!

de qualquer forma, ficas desde já convidado,junto com a companhia que mais te aprouver, a vir conhecer in loco o rabaçal e outros que tais...tens é de ficar na Meda...

março 12, 2006 1:45 da tarde  
Blogger Mendes Ferreira contribuiu com estas palavras sábias:

..........E PACIENTEMENTE PASSEIO-ME NAS ENTRELINHAS....


O SORRISO É UMA ESCADA....

E AQUI O COMEÇO.


BOM FIM DE SEMANA. ABRAÇO.
GOSTEI. MT.

março 12, 2006 2:52 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home